06
maio
07

O TEU HOMEM

 

 

 

O TEU HOMEM

Saí do ventre de minha mãe
Rompi todos os invólucros e libertei-me
Sou homem
E
Posso ser pedra
Fogo
Metal
Veludo
Ternura
Ou
Ira

Depende do momento…
Por vezes sou perverso
Estou nas trevas quando me convém
Mas posso brilhar nessa escuridão
Não me castro
Sempre dispo os preconceitos
Não me ofuscam
Tenho luz própria
E a quase nada me oponho

Sou gozos quando oportunos
Sinais normais escorrem de mim
São meus…
Posso ser instinto
Amante perfeito
Amigo
Feiticeiro
Pai
Namorado
Esposo
Menino
Não tenho limites…

Mas essencialmente sou homem
Com virtudes e defeitos
Pele morena
Olhos castanhos
Cabelos grisalhos
Libido
Prazeres que divido

Posso dar-me inteiro
Insaciável
Percorro anatomias que não são minhas
Fazer escravas de prazer
Não…
Não façam de mim estupor
Não me rejeitem
Pois sou fruto do ventre de minha mãe
E
A minha maior magia
É
Ser sempre e somente o teu homem…  

 

ANTONIO SANTOS

Poeta e amigo de Porto – Portugal

 

 

 


19 Responses to “O TEU HOMEM”


  1. 1 Adriana
    06/05/2007 às 16:28

    Essa foto causa arrepios deliciosos na espinha  dorsal..
    vai descendo…mmmm
     
     
    **Então, ainda não é o jeito…mas chegamos lá.
    TVB, Marilia Carboni, di cuore…kkkk

  2. 2 Unknown
    06/05/2007 às 18:00

     
     
    Marilia
     
    Hum..Adorei teu space tão agradável, essa cor é sedução e este poeta Antonio. um bom portugues "com certeza"
    abrindo-se assim:
     
    Cabelos grisalhos Libido Prazeres que divido Posso dar-me inteiro Insaciável Percorro anatomias que não são minhas
    Uau!
     
     
    Já te add. Visite-me sempre. Boa semana com muito carinho com os teus.

  3. 3 CÉRBERO
    06/05/2007 às 22:48

    passei por aqui , para não dizer  que não falei das flôres . cérbero.

  4. 4 Rose
    07/05/2007 às 0:13

    Um homem que se entrega por inteiro é mesmo uma raridade. Será esse um sinal de mudanças nesses novos tempos? Hummmm não seria ruim…mudança realmente bem vinda!!! (rsss)
    Uma linda semana pra vc!
    Beijo grande,

  5. 5 italo
    07/05/2007 às 23:13

    Olá Marília!
     
    Gosto do gosto deste vermelho de paixão intensa, que queima e marca a pele, que pela e revela as paixões nossas de cada dia.
     
    Sou apaixonado por alguns amigos que tenho (gente de uma magnífica energia radioativa), sou apaixonado pela minha família (e isso inclui todos), sou apaixonado pela vida que tenho e vivo desvairadamente (tem muita gente que não me entende), sou apaixonado pelos meus amigos blogueiros, por ti mais recentemente (e acredite, tem gente que não entende estes relacionamentos cibernéticos da gente kkkkkkkkk), tolos!!!
     
    (…) “Felicidade brilha no ar, como uma estrela que não está lá, é uma viagem, doce magia, uma ilusão que agente não escolhe, mas que espera viver um dia”…  
     
    Um Grande Beijo no Coração!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
     
    Hasta Hotra!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
     
    Ítalo Leonardo do Amaral Moreira

  6. 6 gian.
    08/05/2007 às 8:28

    Querida bele parablas …saudade..beijosss

  7. 7 italo
    08/05/2007 às 11:28

    Oi Marília!
     
    Não será o mesmo projeto, não conheço Bruno, mas seria um prazer poder conversar com ele, quem saber ele não nos acompanharia na etapa América Latina, partiremos de Joinville, a partida está marcada para o princípio de Janeiro (primeira quinzena).
     
    Será um prazer ter você como minha mãe honorária número um.
     
    Beijos cafeinados!!!!!!!
     
    Hasta Hotra!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
     
    Ítalo Leonardo do Amaral Moreira

  8. 8 luiz paulo eduardo
    08/05/2007 às 15:54

    MARILIA!!!  OBRIGADO, encontrei agora à pouco o comentário teu do dia 04 – Sexta Feira. Legal que o teu \’Papito\’ tinha uma Remington e, cobrava para não haver acavalamento das letras (ou teclas), isto é prova que Vc também sabe escrever. Então \’respire\’, continue respirando forte. Lembrou de se aconselhar com as \’filhotas\’ – IOGUIS,  como fazer, e praticar alguns exercicios da respiração oriundo da IOGA ?? O que aconteceu depois da conversa com o BRUNO, sôbre \’urinoterapia\’ ?? Resolveram dividir um tempo mais à fundo sôbre a temática ?? Acho muito bom que o façam. Fiquei aqui meio mole, ao ser comparado ao \’Papito\’ nas coincidencias, que de GURU vou levando com certo garbo os meus 57 aninhos mentirosos ( na verdade tenho mesmo é 17. \’Adolecente Nato\’). "Fruto do ventre de minha mãe, maior magia é…"            …Isto é linguagem pura e tipica de quem \’reza\’ e acredita em D\’US. Os portuguêses são os mais puros \’judeus\’ na Europa, sabia ?? Desde as Grds Descobertas & Ciclo-Navegações !!!  Nem pergunte se precisa ainda comentar meus e-mails, pois compreendo que tudo isto já é o comentário, Obrigado. Obrigado pelo ORKUT e a referencia ao PATRICK. Quero que Vc compreenda meu desespero por querer estar em tudo quanto é canto ao mesmo tempo, e por isto não possa lhe dedicar muito mais espaço, onde outras obrigações me são prontidão logo ali. Insista principalmente na \’respiração\’, absorva mais vinco na ideia \’urinoterapia\’, me recomende ao BRUNO, e daqui à 03 dias, seja tão só, o mais puro Sucesso no seu compromisso clinico-cirurgico. Estaremos juntos aí. Receba o meu "carinho" e a adição de minhas \’rezas\’, para as portas do que o SEGRÊDO quer para você. Com muito AMOR         O PILOTO

  9. 9 Blogpantera
    08/05/2007 às 16:12

    HOLA MARILLA,,NON SEMPRE RIESCO A DIMOSTRARMI TANTO PRESENTE, QUESTA VOLTA SPERO CHE ALMENO QUALCHE SALUTINO DI BUONA SERATA, SEMPRE IN ALCUNI BLOG PIU\’ LEGGERI POSSO FARLI, QUESTI AGGIORNAMENTI SI DEVONO VISUALIZZARE SOLO 4-5 ULTIMI INTERVENTI, MA COME VEDO NON VOGLIONO CAMBIARE LE IMPOSTAZIONI, SPERO DI RIUSCIRCI,  GRAZIE DELLE TUE VISITE, SPERIAMO BENE CHE AVRO\’ ALTRA POSSIBILITA\’ PER RITORNARE, CIAO CIAO.MASSIMO

  10. 10 José Torquato
    08/05/2007 às 21:54

    Oi vim te ver, te ver, no lugar de rosas, orquídeas, encontro troncos. Machista, não admiro árvore que não dá frutos, não tem beleza, é de uma esterilidade assustadora, mostra a fraquesa da natureza quando há um só elemento, o mais feio e sem muita importância visual. É muito triste mesmo o contorcionismo feminino num sujo e feio tronco de mamão macho.

  11. 11 Manuel Fernando
    09/05/2007 às 13:57

    Hola Marilia;
    Pasé por tu space para saludarte,
    que bonitas fotos tuyas y de tus hijas
    sois guapas tanto tu como ellas
    para mi me pareces una mujer
    muy bella y guapa.
    En cuanto a la entrada es muy bonita tiene 
    mucha pasión ternura y amor, me gusta mucho
    cuando una persona como yo está enamorada.
    Que pases lo mejor posible de lo que queda
    de la semana guapa.
     
    Un beso desde la distancia.

  12. 12 luiz paulo eduardo
    09/05/2007 às 14:09

    Oi MARILIA !!!  Entrei no meu \’blog\’ para onde vou VOLTAR agorinha e preencher um edital novo. Agradeço Vc estar nos visitando sempre, e deixando cair essa vibração sua que é tonificante e rejuvenecedora. O que será que aconteceu com o PATRICK ?? Anda muito calado. Descobri numa livraria o livro O SEGRÊDO, no mesmo momento, por acidente literário, um livro entitulado BLOG de Hugh Hewitt  (desejo não ter errado o nome do môço), êle é um dos primeiros \’blogueiros\’ quando a Internet evoluiu e chegou a conclusão \’blog\’. O livro descreve com um historico meio politico, meio imprensa tôda a formatação disto que nos dedicamos. Nomeia algumas principais qualificações; os agragadores, os analiticos e os idiossicratas. Vale à pena dar uma espiadinha naquela Livraria Maior lá em LONDRINA, quando fôr para Vc o tempo de \’bater perna\’. Hoje são Maio-09, e faltam tão só dois dias para Vc cair no bisturi. Tenha CALMA e Confiança, vai dar certo. No tempo de recuperação e cicatrização, lhe peço com veemencia, se concentre na ideia de URINOTERAPIA,  será então uma hora melhor de tôdas. O que aconteceu da sua conversa com o BRUNO ?? Êsse seu \’filhote pustiço\’ pode muito bem lhe dar a chave mais própria do seu novo tratamento, êsse de URINOTERAPIA. Vamos coragem!!!  Por aqui, venho tendo uma séria rejeição do Conselho de Medicina, de Enfermagem e de Farmácia para dar progresso a um outro metodo de cura, a HEMOTERAPIA. Posso recolher o meu sangue em uma artéria, mas o problema é como me contorcer para aplicar no gluteo nadego por mim mesmo. É nesta hora que não aparece quem aplique. O povo daqui assistiu no \’Fantastico\’ uma reportagem paga por Grds Laboratórios (eu não vi, pois não tenho TV), comentando ser um negócio de alto risco, imagina só?!? Me resta correr atrás da "serpente", é onde vou buscar uma notificação. Vem com a gente, vem…     O PILOTO

  13. 13 arrifes
    09/05/2007 às 17:59

    Marília
     
    um beijo doce e saudoso….

  14. 14 Robalinho
    09/05/2007 às 19:15

    Boas…..
     
    Adorei o seu comentário lá no Parlamento do Pica Pau !
     
    Os parlamentares gostaram do seu discurso!
     
    Um grande abraço
    042- Quadrado da Hipotnusa
     
    …….

  15. 15 gian.
    15/05/2007 às 10:13

    100000 beijosss con saudade..

  16. 16 Unknown
    16/05/2007 às 15:10

    obrigado de sua visita
    muito agradavel
    tambem quì as fotografias estao muito bonitas
    coma o dela Sra. que completa o aniversario
    Auguri di cuore 
     

  17. 17 Fernando
    16/05/2007 às 15:18

    Del hipotético regreso a casa pude sacar la superficialidad del destino.
    Es como un ente matemático,
    que pesa más que debe,
    que siente mas que puede,
    que late de menos a menos,
    que se dispersa de todo a todo.
    Nos acerca a nosotros mismos y . ..
     
     
    a la Ciudad Inmortal.
     
     
    Beijos y beijos

  18. 18 ღ♥ francesca
    17/05/2007 às 16:47

    Ciao Marilia, molto belle le foto
    passa una buona serata
    ti lascio u bacio
    francesca
     

    Non che all’unione di animi costanti
    ponga io impedimenti: non è amor vero
    quel che ai mutamenti muta i manti
    o s’immiserisce se l’altro è misero.
    Oh no, no esso è un faro per sempre fisso
    sulle tempeste, ma mai ne è turbato;
    stella polare è per chi è nell’abisso,
    e il suo valore è ignoto anche se stimato.
    L’Amore non è del Tempo il buffone,
    a dispetto della sua letale falce;
    l’amore ai suoi brevi momenti s’oppone
    resistendo fin al Giudizio iscritto in calce.
    Se questo fosse errore e sia provato,
    non ho io mai scritto e nessuno ha mai amato.
     
     
    Sonetto 116 – Shakespeare –

  19. 19 gian.
    19/05/2007 às 10:21

    saudade mia Marilia…beijos


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: