25
jan
10

ÚLTIMOS VERSOS

 

 

 

 

 

 

 

ÚLTIMOS VERSOS

 

 

Não sei se serão estes os últimos versos que te escrevo,
Mas sinto-os sangrar-me
Saem de mim, como flechas rápidas e certeiras
Rasgando-me o pudor, a vergonha
Não, não sei se serão estes os últimos versos
Mas creio que depois deles minha alma estará morta

Te quero, é certo, como sempre te quis
Meu corpo parece menor sem você
Por este amor que me sustenta e me faz morrer
Jogo fora todas as minhas certezas
Nada mais me importa
Sem você me sinto metade, vazia…

Não sei o que será depois
Haverá um depois???
Mato o mundo lá fora
Porque esta noite, nesta noite
Só existe você,
Só existem nós dois…

 

 

Ella Cae*

 
*Amada amiga que escreve o que sinto… 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

10 Responses to “ÚLTIMOS VERSOS”


  1. 1 Vitório
    25/01/2010 às 18:38

    Abecedário Sim, este mar é meuE nunca, nunca teuFui eu que o amei primeiroEste é o meu mar derradeiroO meu primeiro quadroO primeiro e mais amadoCom suor e lagrimasQue molham sempre,E sempre mais, as minhas páginasPáginas dum diárioAbecedárioDum mundo tresloucadoLouco amar de mar, louco amar de fadoQue não cabe em mimE o devolvo a tiComo jarro de vinhoBebido como espinhoAmargadoEsta árvore, é árvore vivaDuma mente pobre esquivaDuma demênciaQue de arvore e viva só tem, a aparênciaQue me esqueço sempre de regarQue me esqueço sempre de amarCujas raízesNunca podem, nem nuca poderão, ser felizesVitoriogil beijo vitorio

  2. 2 GBternura
    27/01/2010 às 1:30

    ♥ AMIGA.. MARILIA♥QUE BOM QUE JA VOLTOU…COM CERTEZA SEU ANO ..SEU NATAL …SUAS FERIAS FORAM SO FELICIDADEQUE VC CONTINUI SENDO ESSA PESSÓA LINDA MARAVILHOSAQUE CONTINUI PUBLICANDO LINDOS POEMAS LINDAS ENTRADAS EM SEU BLOGESPERO CONTAR SEMPRE COM VC..FAZER AMIZADE E MUITO BOM..NAO SEI SE VC LEMBRA..DESTE 2005 QUE AGENTE SEMPRE TROCOU VISITAS EM BLOG..JA RECEBEMOS HOMENAGENS ,EU E VC…EM UM BLOG..NUNCA ESQUECI ISSO.MAS INFELISMENTE FIQUEI AFASTADA DA ENT POR UM LONGO TEMPO.MAS NUNCA ESQUECI MEUS AMIGOS..TE CONSIDERO TAL…AFINAL HA TANTO TEMPO QUE VISITO SEU BLOG,ESTIVE AFASTA MAS ANTES SEMPRE ESTAVA AQUISEMPRE ESTIVE COM VC NO ORKUT TAMBEM AMIGAFICA COM DEUS ♥JINHO NA ALMA ♥EU♥GB♥http://img199.imageshack.us/img199/7174/ganheidepresnte.gif

  3. 3 ✲madalena✲
    27/01/2010 às 13:17

    http://i840.photobucket.com/albums/zz321/meuteutempo/Madalena%20Borges/rosasb.jpg http://madalenaborges1970.spaces.live.com/blog/cns!B1C1BAAF74C78C31!361.entry Beijinhos e Continuaçao de Uma Boa Semana!Abraços Madalena A Fonte Com voz nascente a fonte nos convidaA renasceremos incessantementeNa luz do antigo sol nu e recenteE no sussurro da noite primitivaPoema: Sophia de Mello Breyner

  4. 4 cris_yumi
    28/01/2010 às 7:50

    Oie Marilia! Qto tempo!!Estou de volta ao space!Qdo puder, venha me visitar!ok?Bjs com carinho,Cris_yumi.

  5. 5 Ella
    28/01/2010 às 15:39

    *carinhoooo…. Obrigada, és uma amiga especialíssima…E respondendo ao seu questionamento: "sim, me basta"Beijo bem gran_________________________________________________________________de!!!!!

  6. 6 Closed
    28/01/2010 às 21:27

    Toc..toc..toc…cheguei!!!Miga Marilia vim trazer meu carinho. Desejo a você um final de Noite,com muita tranquilidade e harmonia.Não esqueça.que você tem sempre um amigo que torçe pelo seu sucesso.1000 beijos e 1000 abraços.Com meu carinho por ti.Da amiga NatiPara ti award da amizadehttp://img706.imageshack.us/img706/5039/awardaamizade.gif

  7. 7 Graciela
    29/01/2010 às 14:00

    Yo quisiera dormir cada noche,al raso mirando las estrellas,hablarlas y a la vez escucharlas,para así poder conocerlas,es tan lindo dejar a la vista,los puntos blamcos cuando brillany deseo felicitar al artistaaunque esté a mil millones de millas,es quizás cuando desaparecen,cuando echas de menos sus risas,pues parece que se ríen a vecesy te alegran a oscuras la vida,con su luz algunos se enamoran,otros abren sus ojos inmensos,y yo que solo soy poeta,cuando llega la noche las cuento,a cada una yo le pongo nombreaunque lo tengan yo siempre lo invento,no te extrañe y nunca te asombresque tenga amigas en el firmamentoy en las noches de cielo estrellado,siempre bailo, estoy muy contento,porque siempre estoy acompañadoy con ellas nunca pierdo el tiempo,si deseas conocer su magia,por las noches no debes dormir,solo observa mientras das las gracias,si las miras las verás reír,una guiñan sus ojos brillantesy descubre que lo hacen por ti,cuando llega por fin la mañana,se acuestan soñando en vivirotra velada contigo a su lado,es su manera de ser más felizy yo sé porque lo he deseadoque una estrella se acuerde de mi,le cuentan secretos a la lunay la luna me los cuenta despuésy lo hace bajito al oído,porque ella es amiga también,es así como he descubiertoque me amas, ahora ya lo sé,has dejado tus sueños abiertosen las noches no hay timidez,y la luna que es atrevidaha conocido lo que sientes tal vez,es amor y yo le pongo nota,lo examino y puntúo con un diezy lo escribo en mi pensamientoconjugando el verbo querer. Juan Antonio Valera Una semana mas aqui te traigo mi poema,hoy hace un lindo dia, lleno de sol,me siento feliz…Abrazos yUna Feliz semana.

  8. 8 Manuel Fernando
    30/01/2010 às 8:09

    Ser feliz es…Hacer de las lágrimas una sonrisa,del pasado un presente,del futuro una vida por delante,del nada un poco.Ser feliz es…Hacer del odio un amory de el amor un alguien,de ese alguien una vidade esa vida un deseo de ese deseo una amistadde esa amistad un amig@y de ese amig@, te tengo a ti.Gracias amig@ por brindarme tu amistad.Hola mi buena amiga pasé por aquí paradesearte un feliz fin de semana y tambiénque tengas un buen comienzo de semanallena de sensaciones positivas.Un beso desde la distancia de tu amigo.

  9. 9 ღ♥ francesca
    30/01/2010 às 13:10

    Ciao Marilia, un bel pomeriggio per tee un tranquillo fine settimana.Un abbraccioBaciofrancescaRicordo magico di un istanteRicordo il magico istante:Davanti m\’eri apparsa tu,Come fuggevole visione,Genio di limpida beltà.Nei disperati miei tormenti,Nel chiasso delle vanità,Tenera udivo la tua voce,Sognavo i cari lineamenti.Anni trascorsero. BufereGli antichi sogni poi travolsero,Scordai la tenera tua voce,I tuoi sublimi lineamenti.E in silenzio passavo i giorniRecluso nel vuoto grigiore,Senza più fede e ispirazione,Senza lacrime, ne\’ vita e amore.Tornata è l\’anima al risveglio:E ancora mi sei apparsa tu,Come fuggevole visione,Genio di limpida beltà.E nell\’ebbrezza batte il cuoreE tutto in me risorge giàE\’ la fede e l\’ispirazioneE la vita e lacrime e amore.Puskin

  10. 10 Vitório
    31/01/2010 às 17:42

    Os sonhos nunca desaparecem sempre que as pessoas não os abandonem.sonha pois o sonho comanda a vida beijo vitorio


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: