22
maio
10

CANÇÃO DO ETERNO PRAZER

  

 Fotografia  IN RED by JOSÉ GAMA

 
 
 
Canção do eterno prazer …
 
 
 
 
Quero o seu arrepio mais selvagem

A sua blusa que se abre

E revela o segredo

Suspirado em meu ouvido

Quero o seu desejo clandestino

Traçado em minha pele, em meus pelos

Quero perder-me em sua boca

No exílio de sua voz rouca

Encontrar o meu destino

Quero morrer em você

Renascer e escrever em seu corpo

A mais bela poesia

A canção do eterno prazer

De estar em você

Até o amanhecer…

 

(Gustavo Adonias)

 
 
 

8 Responses to “CANÇÃO DO ETERNO PRAZER”


  1. 1 Graciela
    22/05/2010 às 13:57

    Ya no seré feliz. Tal vez no importa. Hay tantas otras cosas en el mundo; un instante cualquiera es más profundo y diverso que el mar. La vida es corta y aunque las horas son tan largas, una oscura maravilla nos acecha, la muerte, ese otro mar, esa otra flecha que nos libra del sol y de la luna y del amor. La dicha que me diste y me quitaste debe ser borrada; lo que era todo tiene que ser nada. Sólo que me queda el goce de estar triste, esa vana costumbre que me inclina al Sur, a cierta puerta, a cierta esquina.Jorge Luis Borges Un poema y la alegria de visitarte, y dejar en tu blog, mi canto de esperanza…mi amor por todo lo bello que te rodea…un deseo de que te sientas en paz y felizcon cariño, siempre…

  2. 2 Carmina
    22/05/2010 às 16:01

    Diário de Bordo. Em minha passagem pela vida não importa o quanto eu amei. Mas valeu a pena o pouco que fui amado. Não importa se não realizei todos os sonhos. Mas,como foi bom os poucos realizados. Não importa quanto amigos eu tenha. O importante é que sou amigo de muitas pessoas. Não importa quantas vezes eu precisei de ajuda. O importante é quantas vezes eu pude ajudar alguém. Não importa quantas vezes me magoaram. O importante é quantas vezes eu fui capaz de perdoar. Não importa o quanto eu vivi. O importante é que eu vivi e não apenas existi. Plantei arvores, escrevi poemas. E quando eu deixar o barco da vida, deixarei a bordo, filhos, netos e bisnetos. E levarei a certeza de que a minha passagem pela vida não foi em vão.

  3. 3 Carmina
    22/05/2010 às 16:19

    ¿Cómo se rompió, de pronto,el puente que nos uníaal deseo por un ladoy por el otro a la dicha?¿Y cómo —en la mitad del puenteque a pedazos se caía—tu alma rodó al torrentey al cielo subió la mía?< div>Con mucho cariño os deseo una feliz semanaabrazos y os quiero a todos.Carmina

  4. 4 Ąņđŕĕą
    24/05/2010 às 4:17

    Ciao Marilia, buona giornata e meravigliosa settimana.Un abbraccioAndreaUn quadro non si finisce mai,non si comincia nemmeno,un quadro è come il vento:qualcosa che cammina sempre e senza posa. Mirò

  5. 5 ♪♥Nati♪♥
    24/05/2010 às 12:20

    Olá amada amiga Marlia!Linda Poesia amiga. *******************************Andar junto, mesmo que distante. É ser legal, jamais superficial. Dizer o que pensa, sem ofensa. Calar para ouvir, sem intervir. Falar sem rodeio, sem receio. Guardar o segredo, secar o pranto, dar o ombro. Estar para o que der e vier, é jamais abandonar. É ser alguém com quem sempre se pode contar. Ser amigo, afinal, é ser Especial… Assim como VOCÊ!!!**********************************Desejo-te ma semana iluminada cheiade muito Amor e Muita Paz.Com meu Carinho e Amizade por você…Nati*************************************Para você http://i825.photobucket.com/albums/zz180/Nati2009_bucket/FELIZSEMANA2.jpg

  6. 6 Céu
    24/05/2010 às 19:51

    Olá!Ausente mas não esquecida, passo desejar-te uma boa continuação de semana…http://www.youtube.com/watch?v=eoKBekb7BcICada momento é de ouro se o soubermos reconhecer como tal Henry MillerBeijos e até breve……………………………(¯`°v°´¯)……………………………..(_.^._)Céu

  7. 7 MAZINHA
    25/05/2010 às 12:13

    Não poderia deixar de vir de imediato, agradecer sua visita , e me deliciar um poucocom seus lindos poemas, e lindíssima imagem, transmitindo toda a sua sensualidade , toda sua beleza retratada num post que somente Lady Red, consegue inevitavelmente nos abalar as estruturas emocionais….Maninha querida… você é realmente indispensável ,nessa vida "blogal" da net….te amo…e ponto…demoro, mas volto ….sempre……te amo!!!Marilis

  8. 8 Cíntia
    25/05/2010 às 19:11

    Adoro as poesias de Gustavo Adonias, é pimenta e mel! ab


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: